terça-feira, 26 de maio de 2015

Resenha: Bom Dia Camaradas


O narrador de “Bom dia camaradas” é um garoto angolano de Luanda que, em meio a brincadeiras e aulas, nos apresenta o panorama do país nos anos 90. Ao optar por não batizar seu protagonista e não datar precisamente os fatos, Ondjaki amplia consideravelmente a identificação do leitor com os acontecimentos daquele país distante, mas que guarda mais semelhanças com o nosso do que podemos imaginar à primeira vista.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Leia o Livro, Veja o Filme: Mulherzinhas / Adoráveis Mulheres

LIVRO: Mulherzinhas

"Adoráveis Mulheres”, o filme dos anos 90 baseado na saga da família March, é um clássico da Sessão da Tarde (ou pelo menos era, na minha adolescência) e sempre ocupou um lugar especial no meu coração. Obviamente, só fui saber do livro quando já era adulta, e apenas este ano descobri que a história é uma série ("Mulherzinhas” (Little Women), “Mulherzinhas Crescem/Boas Esposas" (Good Wives), “Um Colégio Diferente/Homenzinhos" (Little Men) e "A Rapaziada de Jo" (Jo’s Boys)). Decidi ler o primeiro livro há alguns meses e até propus uma leitura compartilhada (que eu, vergonhosamente, não consegui completar no prazo...rs). Enfim, agora terminei de ler e vim falar pra vocês o que achei da história.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Resenha: La Loca de la Casa


“A Louca da Casa” é um livro difícil de classificar. A autora mistura autobiografia com histórias de escritores famosos e reflete sobre a escrita, o papel da literatura e o poder da imaginação. Com a habilidade de uma artesã, Rosa Montero vai costurando suas memórias com fatos inusitados sobre autores e suas obras, tecendo hipóteses, fazendo comentários, e o resultado é um livro envolvente. Como se estivéssemos diante de uma velha amiga que vai misturando assuntos conforme vai se lembrando deles.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Resenha: Para Cima e Não Para Norte


O narrador e protagonista do livro é o Homem Plano, que vive dentro dos livros e é apaixonado por histórias do James Bond. Um dia, ele descobre uma impressão digital em uma página e vai investigar o que seria aquilo. Essa descoberta o leva a uma outra, ainda mais intrigante: existe um mundo em três dimensões fora dos livros. Então, ele decide que quer sair do papel para ver como são as coisas em 3D.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Filme: Miss Violência


O filme começa com uma festa de aniversário familiar. Vemos um bolo enfeitado com velinhas de 11 anos. Uma música toca ao fundo, as pessoas dançam. Uma garota parece não estar muito feliz com a comemoração. Ela dança um pouco e logo larga seu par e caminha até a sacada do apartamento. Sem dizer uma palavra, passa por cima da grade e se joga lá para baixo. Tudo isso acontece rapidamente, sem muita conversa, em 5 minutos de projeção. O que levaria uma menina tão nova a se matar em seu próprio aniversário?

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Resenha: Big Loira e Outras Histórias de Nova York


Ao longo dos 21 contos de “Big Loira”, Dorothy Parker volta seu olhar perspicaz para a Nova York dos anos 20-30 e sua fauna humana. Alguns tipos são bem característicos da Big Apple, mas o comportamento dos gringos não difere muito daquele apresentado por gente de outras metrópoles. Embora o foco sejam as protagonistas femininas, os homens não escapam de seus comentários ácidos.

sábado, 9 de maio de 2015

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Resenha: Stoner


William Stoner era filho de agricultores e provavelmente seguiria os passos de seu pai, cuidando da terra até a morte. É seu próprio pai que, com esforço, o envia para estudar agronomia na universidade, para que pudesse, pelo menos, aprender novas técnicas de cultivo e administração. No entanto, Stoner se apaixona por uma das matérias secundárias, literatura, e acaba trocando de curso. O que acompanhamos então são os altos e baixos, os pequenos prazeres e as grandes frustrações de um homem comum ao longo de sua vida.

terça-feira, 5 de maio de 2015

Filme: A Garota que Anda à Noite


Como o próprio nome indica, Bad City não é um bom lugar para se viver. Entre a pobreza que contrasta com uma das atividades mais lucrativas do mundo, a exploração de petróleo, os habitantes se arranjam como podem. E então, entre traficantes, prostitutas e miseráveis, encontramos uma garota estranha que vaga à noite, sozinha, pelas ruas da cidade iraniana. Ela não sai porque quer, mas porque precisa do sangue de suas vítimas para se alimentar. No entanto, um encontro inesperado com um rapaz desperta nela emoções novas e conflitantes. Seria uma vampira capaz de amar?

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Chegou em Casa - Abril/2015

Ei, povo!

Este é o post mais breve desta coluna (pelo menos, até agora). Os únicos livros que chegaram em casa são os dessa foto aí: a biografia do Gabo e o livro do Philip Roth, que comprei no sebo; ‘Jesus Kid’ e ‘Camundo’, que consegui em trocas no Skoob. Fui ou não fui uma pessoa controlada? Hahahaha... mentira. Comprei outros livros, mas ainda não chegaram. Vão aparecer por aqui só nas novidades de maio.


E vocês, que novidades têm para mostrar?
Beijo!


sábado, 2 de maio de 2015

O que rolou... Abril/2015

Olás!


Como esperado, abril seguiu o mesmo ritmo insano de março. Até que consegui ler bastante e assistir a alguns filmes, mas a frequência de postagem caiu absurdamente. Adoraria dizer que vai voltar ao normal, mas não posso. Vou me esforçar, mas não garanto nada, tá? Querem ver o que rolou? É só clicar no link! :)